terça-feira, 14 de setembro de 2010

Resumão do feriadão de 7 de setembro


Sumi devido a alguns acontecimentos.

Antes do feriadão cai do último degrau do ônibus. Não sei como aconteceu, mas quando vi já estava no chão. Pior, no ponto de ônibus lotado em frente a um shopping de Brasília. Fora os passageiros grudados na janela de vidro para ver o que aconteceu e ainda eu sair mancando, está tudo bem. Estou ficando resistente a quedas.

Resolvi viajar no feriado, ir à praia, tomar banho de mar e ver as baleias jubartes. Mas, antes de arrumar minha mala recebi a carta-resposta da Nippon Zaidan. Um cópia da mesma do ano passado: ainda não foi dessa vez.

Quem sabe no ano que vem? Não sei mais. Porém ainda tenho o resultado de uma última bolsa para aguardar ainda neste ano. Enquanto isso, estudo para a prova de proficiência nível básico em japonês com minha kawaii sensei.

Mas, a viagem... Ah, essa valeu a pena apesar de ter aproveitado só dois dias. Consegui a proeza de não me queimar nadinha ao passar protetor solar quatro vezes ao dia. Mas, não escapei do escorregão de joelhos na proa do barco. Gente de terra firme é assim, meio sem equilíbrio. Ao menos não vomitei, fiquei lá na frente lambendo o vento até atracarmos na ilha Siriba, a única das 5 ilhas onde os turistas podem descer para conhecer os atobás. Bichinhos dóceis esses.

Definitivamente sou uma pessoa das montanhas. Comprovei que não gosto mesmo de praia e areia sapecante, mas mergulhar no mar é uma exceção. Fiz o mergulho de batismo em Abrolhos e me deu vontade de fazer o curso de mergulho autônomo para visitar Fernando de Noronha e, quem sabe, a Barreira de Corais na Austrália.

E as baleias são impressionantes. Curiosas, se aproximam do barco. Mas, eu conto sobre elas mais tarde.

4 comentários:

Allice disse...

Criska,
Já acompanhava o seu blog a um tempinho e toda sua corrida pelo Monbusho e fiquei mór triste em chegar aqui hj e ver que vc n foi aprovada.
Caso você realmente queira muuuito ir... aqui vai minha sugestão: Pq vc não tenta em outros consulados do Brasil onde a concorrência é menor, como Manaus e/ou Belém?
Concorri esse ano aqui em Belém (Mas eu por acaso, moro aqui) e graças a Deus consegui minha aprovação. Mas imagino que aqui seja bem menos concorrido, haviam só 10 candidatos aqui de Belém.

Criska disse...

Bem, no meu processo seletivo tinham 45...rs. Obg pela dica, mas Belém é muito longe para mim e a gente acaba tendo que ir várias vezes ao consulado.
Boa sorte e boa viagem!

Allice disse...

Aqui não temos o Kenjikkai o que é uma pena, afinal, ficamos só com a alternativa do consulado :(
Tomara que dê tudo muito certo nesse do Kenj. você tentou no de qual província?
Blé :P Belém nem é longe de Brasília não... eu vivo aí ^_^" agora com a Azul (linhas aéreas)a passagem é como 99 reais. E como o consulado daqui abrange 4 estados, eles fazem uma programação diferenciada pra quem vem de longe, ou seja, a prova escrita é corrigida antes, para que a entrevista seja aplicada no mesmo dia, e nós, que moramos aqui, esperamos um pouco mais.

José María Souza Costa disse...

Parabens pelo blogue e pelo conteudo
Passei aqui lendo. Vim lhe desejar um Tempo Agradável, Harmonioso e com Sabedoria. Nenhuma pessoa indicou-me ou chamou-me aqui. Gostei do que vi e li. Por isso, estou lhe convidando a visitar o meu blog. Muito Simplório por sinal. Mas, dinâmico e autêntico. E se possivel, seguirmos juntos por eles. Estarei lá, muito grato esperando por você. Se tiveres tuiter, e desejar, é só deixar que agente segue.
Um abraço e fique com DEUS.

http://josemariacostaescreveu.blogspot.com