sábado, 2 de maio de 2009

Tão parecidas em certas coisas...

Mamis está passando uns dias comigo para fazer um check up médico. Que somos fisicamente parecidas, já sabíamos. Que sou naturalmente desastrada, todo mundo também já sabe. Mas, somente nesta semana é que eu fui perceber claramente o quanto eu e minha mãe temos atitudes e gestos idênticos!

Eu comecei a desconfiar disso logo que meus pais separaram e minhas irmãs e meu pai passavam por mim na cozinha e me chamavam de "mãe" ou de "benhê". Nunca dei muita atenção a isso. Nem aos comentários de que sou a versão japonesa dela.

Mas, no ano passado, mamãe escorregou nos três degraus da cozinha da minha irmã, bateu o quadril na quina da mesa de mármore e dividiu uma nádega em duas. Sim, ela ficou tribunda! Na semana seguinte, mancando, ela escorregou de novo, mas o celular protegeu a outra nádega e o conserto custou R$100.

Isso só me deixou encucada nesta semana. Me soou familiar.

Eu escorreguei três degraus nesta páscoa, me quebrei toda, e ainda joguei R$100 no lixo por engano na semana seguinte.

Então me lembrei que neste ano, escorreguei durante a chuva logo na entrada do meu trabalho. Mamis escorregou semana passada na esquina do meu prédio e rolou na lama... Bolsa para um lado, sacola para outro e barro até na cara. Ficou dois dias limpando e enxugando os resultados de laboratórios e laudos médicos. Lástima...

E hoje, fomos ao shopping juntas. Entramos numa dessas lojas de departamentos e cada uma foi para um lado. Quando nos encontramos no vestiário, estávamos com as mesmas roupas. E descartamos as mesmas peças que não gostamos. Pasmei.

Calçamos o mesmo número, às vezes usamos as roupas e os sapatos uma da outra. Pois é, ela é a mãe e eu sou a filha. O problema é que agora estamos negociando o vestido que acabei de comprar que ela também amou e só tinha um! As armas? Cara de cachorro que caiu do caminhão da mudança e apelo sentimental ao amor fraternal.

Eu sou filha ou sou irmã? Eu sou ela, ou ela sou eu ontem? Vou ficar que nem ela quando chegar aos 50? Ou cheguei nos 50 antes do tempo?

E outra coisa, será que sou tão teimosa assim??? Suspeito que me arrependerei desta pergunta...

Um comentário:

André Hebert disse...

A minha cara, acho que vc saiu com o gene materno de mamae rs... as coisas são assim mesmo tendemos a nos parecer com nossos pais mas que deviamos, rs... minha mae diz que se eu tivesse alguns centimetros a menos, altura puxei da parte dela, seria meu pai direitinho... ela falou que ate nas manias dele sou igual.. kkk... mas acho que é assim mesmo apesar de nao ter convivido com ele me lembro dele sempre que olho no espelho... ôôô careca maldita kkk
mas bem sendo mamae ou sendo papai somos sem sombra de duvidas as copias mais noas de nossos pais rs...

Beijos rs... Mamae rs...